fechar× Entre em contato 71 3242-1084 / 3491-0710

Valorizando a transparência

RITA PEREIRA ASSUMIU O CARGO DE SÍNDICA PARA ORGANIZAR O CONDOMÍNIO

Aproveitando as habilidades como consultora em gestão empresarial, Rita Pereira decidiu assumir a função de síndica no Edifício Aremar. Atuando há 1 ano na função, Rita, que já fazia parte do conselho fiscal, iniciou uma longa batalha para organizar o condomínio. 

“Vimos, nos últimos cinco anos, o prédio entrar em decadência devido a uma má gestão. Como membro do conselho Fiscal, mobilizei alguns moradores e iniciamos uma tarefa difícil para recuperar o prédio”, contou Rita.   

Há muitos anos Rita se prepara para o cargo. “Finalizei o MBA em gestão de negócios e projetos e a especialização em gestão de pessoas. Além disso, sempre busco plataformas on-line e participo de cursos voltados para a área de gestão condominial, como o último que fiz em agosto de 2017, sobre gestão contábil para condomínios”, relatou. 

Rita busca manter uma gestão transparente, focada na comunicação clara e objetiva. “Uniformizei os procedimentos para oferecer segurança e qualidade de vida para todos. Trato os colaboradores com empatia, afinal, eles são peças fundamentais nos nossos processos”, disse Rita, que tem como apoio fundamental a AC Assessoria Condominial para administrar o condomínio. “A AC implementou o boleto eletrônico, que demonstra claramente um resumo de todas as despesas ocorridas no mês anterior. E, com isso, o condômino acompanha as despesas e reforça nossa gestão marcada pela transparência”, conta a síndica.  

Por exigir transparência, Rita já respondeu a um processo judicial por difamação, calúnia e injúria. “A minha atuação dinâmica no conselho fiscal incomodava muito e a ausência de transparência fazia eu acreditar que existiam muitas irregularidades. A sentença proferida julgou improcedente a acusação, ressaltando que “o síndico, como administrador de recursos, deve prestar contas aos demais condôminos e, por isso, existe a previsão de conselho fiscal, devendo os seus membros fiscalizarem o cumprimento das normas estabelecidas na convenção”, declarou Rita. 

"BUSCAMOS PARCEIROS QUE APRESENTEM MENOR PREÇO
COM QUALIDADE, E NOS ESFORÇAMOS EM GERIR
OS RECURSOS DA MELHOR MANEIRA POSSÍVEL"


Atualmente, o Edifício Aremar é comandado por duas mulheres nos cargos de síndica e subsíndica, que não medem esforços em recuperar o prédio. “Elaboramos um planejamento estratégico, onde apresentamos propostas para obras emergenciais de recuperação estrutural, substituição de peças dos elevadores, além de outras prioridades como novo fardamento, manutenção no sistema de incêndio, instalação de corrimão, dentre outros. Isso tudo só foi possível porque contamos com a confiança da maioria dos condôminos e por sermos bastante transparentes. Buscamos parceiros que apresentem menor preço com qualidade e nos esforçamos em gerir os recursos da melhor maneira possível, afinal, também pagamos as nossas taxas condominiais. Avante! Temos muito trabalho pela frente”, concluiu Rita.

Carla Brayner, 02.JULHO.2018 | Postado em Perfil
  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...