fechar× Entre em contato 71 3242-1084 / 3491-0710

Arrumando a casa



WELLINGTON JUNIOR ACREDITA QUE O SÍNDICO DEVE ARRUMAR O CONDOMÍNIO COMO SE FOSSE SUA PRÓPRIA CASA



Pintura externa e interna do prédio, economia de 204m³/mês de água, utilizando uma consultoria especializada, e implantação de um sistema de acesso as garagens por RFID (GateKeeper - www.gatekeeperbrasil.com.br). Foram com essas ações que Wellington Junior iniciou seu mandato como síndico do Condomínio Solar do Atlântico, no Imbuí. 

Ele acredita que todo bom síndico deve ser perfeccionista e que é preciso tratar todo o condomínio como se fosse sua própria casa. “É preciso zelar por tudo, nos detalhes. Manter um condomínio é trabalhoso e as atribuições pessoais diárias não podem se sobrepor aos cuidados constantes e indispensáveis para tornar o condomínio um local organizado, bonito e funcionalmente coeso”, diz Wellington. 

Convencer os condôminos que não é possível gerir um condomínio com 51 unidades e seis funcionários rateando as despesas correntes, sem provisionar gastos certos e futuros, bem como gastos incertos, mas previsíveis, é o seu maior desafio. “Investir em manutenção preventiva sempre soa como gasto supérfluo, e convencer que é necessário e mais barato investir em prevenção que em correção, além de menos desgastante, tem sido o maior desafio”, completa. 

Garagem é um tema que sempre gera problema em condomínio, mas zeloso como sempre, Wellington conseguiu organizar a “casa” mais uma vez. “Havia uma total ingerência sobre as vagas na nossa garagem. Eram veículos estacionados fora das vagas, dois carros em uma vaga, veículos na vaga de outras unidades, estacionamentos irregulares, etc. A garagem gerava muito desgaste. Começamos uma campanha progressiva de conscientização, que desde o início previa a implantação progressiva de penalidades aos infratores. Com o tempo, conseguimos normalizar o uso regular das garagens, sem implantar o sistema de multas, que era um dos últimos níveis de penalização. O reboque dos veículos, também, nem precisou ser cogitado. Hoje o uso da garagem é efetivo para todas as unidades e não causa mais problemas para a administração”, afirmou satisfeito o síndico.



 
Carla Brayner, 19.MAIO.2015 | Postado em Perfil
  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...