17/03/2016

Operação Força Amiga

Por: CARLA BRAYNER

TODOS CONTRA O AEDES AEGYPTI 

Em fevereiro, uma verdadeira operação de guerra foi montada para combater a proliferação do mosquito que se tornou inimigo da saúde pública nacional, a Operação Força Amiga. 55 mil militares das Forças Armadas – Exército, Marinha e Aeronáutica- percorreram ruas dos 428 municípios brasileiros, orientando a população sobre o combate aos criadouros de Aedes aegypti. 

A mobilização atingiu 2,8 milhões de residências no país e integra a estratégia do Governo Federal no combate aos casos de dengue, zika e chikungunya. No inicio de fevereiro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional (ESPII) por vírus zika e sua possível associação com a microcefalia e síndromes neurológicas. 

Adriana Oliveira, síndica do condomínio Colina do Mar, localizado na Pituba, aproveitou a mobilização e intensificou as ações contra a proliferação do mosquito. “Iniciamos um trabalho de conscientização, distribuindo in­formativos nos apartamentos e fixando nos displays dos elevadores. Efetuamos vistorias em toda área externa e nos lugares que identificamos como foco de infestação dos mosquitos. Rotineiramente, estamos fazendo o uso de cloro e em assembleias pedimos a colaboração dos condôminos na manutenção da áreas comum, solicitando que não deixem expostos recipientes que podem acumular água e propiciar a proliferação do mosquito”, contou Adriana. 




Adriana ressalta que esta campanha envolve uma mudança de comportamento e conscientização de cada um e nenhuma atitude isolada conseguirá vencer o desafio de combate ao mosquito.

De acordo com a Secretária da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), mais de 150 mil casos suspeitos e dengue, zika e chikungunya foram notificados no estado, somente em 2015, com 41 municípios registrando epidemias das três doenças simultaneamente. Até dois de fevereiro, a Sesab notificou 781 casos suspeitos de zika, 515 casos suspeitos de chikungunya e 1.379 casos prováveis de dengue no estado. 

Serviço: Para notificar casos de doenças relacionadas ao Aedes aegypti, acione a Sesab nos telefones 3116-0047/0029, 99994-1088. Ouvidoria 08002840011, ou  pelo e-mail notifica.cievsbahia@gmail.com. 



 

Tags: Aedes aegypti  Saúde Pública  SESAB  

Comentários

Cadê o Síndico é uma realização da Editora União Salvador LTDA.

Travessa Francisco Gonçalves, 01, Edf. Reitor Miguel Calmon, Sl. 303
Comércio - CEP:40.015-090 71 3242-1084 / 3491-0710