fechar× Entre em contato 71 3242-1084 / 3491-0710

Auditoria, Consultoria e Governança Condominial

Diante dos problemas decorrentes de prestações de contas inadequadas, os condomínios têm enfrentado situações desconfortáveis no que diz respeito ao gerenciamento condominial. Dessa maneira, a resignificação da função controle tem sido cada vez mais validada pela realização da Auditoria Condominial, mas infelizmente ainda de forma deturpada, o simples desejo de “auditar”, pressupõe a alguns, a ação de culpar e investigar o síndico anterior, o contador ou a administradora. 

Atuando na área de auditoria condominial desde 2005, tenho reagido a cada movimento de que este tipo de serviço é uma contratação desnecessária, inacessível e cara, mesmo quando pode custar R$ 2,00 por mês por apartamento, comparados com R$ 26,00 para manter um auxiliar de serviços gerais para retirar lixo da porta do condômino. Ou seja, será que não vale a pena, o investimento para que o condomínio tenha orientações que evitam penalidades, multas? Seja ao assumir ou entregar a função de síndico, a gestão auditada, gera a Governança Condominial, por que a transparência deve ser o principal objetivo. 

Diante desses desafios, tem se tornada hercúlea nossa participação em cidades do país a fim de mostrar que nosso trabalho de Auditoria está associado à Governança Condominial (prezando pelos valores entre pares, transparência, consecução dos propósitos com centro no empreendimento e aplicação de boas práticas de gestão) e gerir com excelência um condomínio perpassa pelo cuidado com as pessoas que nele habitam e é nosso papel estarmos diligentes às conseqüências graves como a perda de imóveis, problemas decorrentes da falta de manutenções, seguros mal contratados etc.

Tendo o gestor, qualquer insegurança ou dificuldade nesse processo de gestão, mesmo após buscar a formação na área, bem como participar de capacitações, cursos livres, wokshops, é salutar avaliar de forma pessoal, a contratação Consultoria Individual para Gestores Condominiais para nortear as funções de síndico, sub-síndico, conselho e administrador. As consultorias são realizadas em várias áreas e devem contar com os pilares da Auditoria Condominial, da Governança Condominial e do Compliance Condominial. O objetivo é municiar o gestor de procedimentos que evitem problemas decorrentes de desconhecimento ou falta de informações e evitar a insegurança ao assumir a gestão. Além disso, o gestor é orientado a ter um “time” de especialistas, com assessorias específicas, que salvaguardam a gestão condominial.



Michele Lordêlo, contadora, CEO do Grupo Lordêlo de Contabilidade, que reúne a, Lordêlo Audit (Auditoria para Condomínios), Lordêlo Cont (Contabilidade para Empresas) e Lordêlo Trainning (Capacitação para Gestores Condominiais), atua desde 2005 com Auditorias para Condomínios, Doutora em Educação, Professora do Curso de MBA de Gestão de Condomínios e do Curso de Síndico Profissional da Faculdade 2 de Julho, disciplina Auditoria, Colunista da Revista Direcional (SP), Consultora do Programa Cadê o Síndico na Rádio Metrópole (BA), Criadora do Programa Capacitar na Prática para Gestores Condominiais que engloba cursos livres, consultorias e eventos, Apresentadora do Conversa com Síndicos na versão “Live do Facebook do Aratu On Line”, além de Conferencista e Palestrante em todo o território nacional.


Designed by jcomp / Freepik
  • 1
Exibindo 1 de 1

Carregando...